Fevereiro Roxo e o alerta sobre Alzheimer, lúpus e fibromialgia

Doenças como lúpus, fibromialgia e Alzheimer são os temas do Fevereiro Roxo. E o que elas têm em comum? Ambas não possuem cura.

Aproveitando o mês em que as ações de conscientização destas doenças são reforçadas, saiba um pouco mais sobre cada uma abaixo e suas formas de prevenção e cuidado.

Alzheimer – é o tipo de demência mais comum que afetará 65 milhões de pessoas em 2030 e 115 milhões em 2050 no mundo segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde). Atualmente, 1,2 milhão de pessoas convivem com essa enfermidade no Brasil.

Para evitar o Alzheimer a fórmula não é tão complicada. Basta apostar em uma alimentação balanceada, praticar atividades físicas regulares, dormir bem e controlar o estresse. Também ajuda muito verificar a pressão alta e o diabetes.

Lúpus – é considerada uma doença inflamatória autoimune. Ocorre quando o próprio sistema imunológico ataca os tecidos saudáveis do corpo por engano. As estimativas da Sociedade Brasileira de Reumatologia indicam que existem cerca de 65.000 pessoas com lúpus, sendo a maioria mulheres

Os sintomas podem variar de pessoa pra pessoa, mas os mais comuns são fadiga, febre, lesões na pele que aparecem quando o paciente se expõe ao sol, dificuldade pra respirar e dor no peito, queda de cabelo, entre outros.

Não há formas conhecidas até o momento para a prevenção do lúpus. A recomendação principal é evitar a exposição excessiva ao sol.

Fibromialgia – é uma doença reumatológica que não tem cura e acomete aproximadamente 3% da população brasileira, na maioria mulheres.

Sua característica principal é uma dor muscular crônica e generalizada que vem acompanhada de sintomas como fadiga, alterações no sono, memória e humor.

O tratamento adequado pode envolver o uso de medicamentos, prática de terapias (fisioterapia e acumpuntura). Em todos os casos, o ideal é consultar o médico de confiança.

Ainda não há comentários para esta matéria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *